Análise: Iconoclasts (Multi)

Iconoclasts, em uma primeira olhada, parece ser um jogo vindo direto da era 32 bits com seus gráficos coloridos e pixel art detalhada. Esforço de um único desenvolvedor, que levou sete anos para terminar o trabalho, o título explora vários conceitos consagrados, como plataforma, mapas repletos de segredos e habilidades que permitem revisitar áreas anteriormente inalcançáveis. Pode parecer mais do mesmo, porém Iconoclasts tem algumas características que o destaca em relação a outros jogos do gênero. Continue Lendo “Análise: Iconoclasts (Multi)”

Anúncios

Análise: World to the West (Multi)

Depois do sucesso do título de puzzle e plataforma 2D Teslagrad (Multi), a desenvolvedora Rain Games resolveu criar uma continuação bem diferente. O resultado é World to the West, um título que apresenta uma aventura 3D repleta de puzzles espalhados por um mundo imenso, sendo o diferencial é a possibilidade de controlar quatro personagens que precisam trabalhar em conjunto para superar os desafios. O jogo foi lançado para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch. Continue Lendo “Análise: World to the West (Multi)”

Análise: Tiny Metal (Multi)

Nações em guerra é a temática principal de Tiny Metal, jogo indie lançado para PlayStation 4, PC e Switch. Claramente baseado na série Advance Wars, o título conta com confrontos estratégicos por turnos com temática militar (mas nada muito sério, a atmosfera é de um anime). Tiny Metal apresenta mecânicas já consagradas combinadas com algumas coisas novas, em uma tentativa de se destacar, e oferece uma experiência razoável, mesmo com a presença de alguns problemas. Continue Lendo “Análise: Tiny Metal (Multi)”

Análise: The Next Penelope (Switch/PC)

Combinar corrida, tiro, uma atmosfera futurista e mitologia grega pode parecer muito estranho, porém The Next Penelope consegue esse feito. Esse título indie produzido por um único desenvolvedor apresenta vários estilos diferentes, resultando em uma aventura diversa e única. Lançado anteriormente para PC, o jogo chega agora ao Nintendo Switch.

Continue Lendo “Análise: The Next Penelope (Switch/PC)”

Análise: Battle Chef Brigade (PC/Switch)

 

Battle Chef Brigade tem um dos conceitos mais criativos que já vi. Neste título, controlamos chefs guerreiros que participam de uma competição a fim de entrar em uma brigada de elite — todos os pratos são feitos com partes dos monstros abatidos. A receita contém puzzles, ação 2D, um pouco de RPG e até mesmo uma história cativante, o que resulta em uma experiência única e muito divertida. Continue Lendo “Análise: Battle Chef Brigade (PC/Switch)”

Análise: Hand of Fate 2 (PS4/PC)

 

Jogar Hand of Fate 2 me trouxe a sensação de estar participando de uma sessão de RPG de mesa: um mestre de jogo guia uma aventura repleta de escolhas baseadas em cartas. Combinando vários gêneros, como montagem de baralhos, ação e roguelike, a continuação do título de 2015 melhora boa parte dos aspectos do original, trazendo uma experiência mais variada e cativante. Continue Lendo “Análise: Hand of Fate 2 (PS4/PC)”

Análise: SUPERBEAT: XONiC (Switch)

Basta ver alguma imagem ou vídeo de SUPERBEAT: XONiC para perceber que este jogo de ritmo é bem frenético: o visual é marcante com cores neon e as sequências de notas são bem complexas. Dos mesmos criadores da série DJ MAX, o título traz uma experiência bem intensa e ao mesmo tempo acessível. Lançado anteriormente para PS Vita, PlayStation 4 e Xbox One, SUPERBEAT: XONiC chega agora ao Nintendo Switch e é facilmente um dos melhores jogos do gênero já lançados para o console.

Continue Lendo “Análise: SUPERBEAT: XONiC (Switch)”

Análise: The Mummy Demastered (Multi)

Jogos baseados em grandes blockbusters do cinema costumam não chamar a atenção por conta da qualidade duvidosa de muitos. The Mummy Demastered é um título que quebra essa regra. Lançado para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch, o jogo utiliza o material de origem somente como inspiração, resultando em uma aventura competente e divertida. Continue Lendo “Análise: The Mummy Demastered (Multi)”

Análise: Jettomero: Hero of the Universe (PC/XBO)

 

O herói de Jettomero: Hero of the Universe, título independente lançado para PC e Xbox One, é um robô indestrutível que tem como missão vagar pelo universo e livrar a humanidade de ameaças. A tarefa é até simples, porém o gigante de ferro é estabanado e até mesmo um pouco depressivo. Com mecânicas fáceis de entender e direção de arte incrível, a experiência é um misto de contemplação e exploração. Continue Lendo “Análise: Jettomero: Hero of the Universe (PC/XBO)”

Análise: Mystik Belle (Multi)

Quando o preparo de uma poção mágica a ser utilizada em um ritual especial é sabotado, sobra para uma aprendiz de feiticeira a tarefa de coletar novos ingredientes. É assim que começa Mystik Belle, um carismático título indie para PlayStation 4, Xbox One e PC. A aventura da bruxinha mescla plataforma e resolução de enigmas, resultando em uma experiência agradável. Continue Lendo “Análise: Mystik Belle (Multi)”