Análise: Flinthook (Multi)

Flinthook, o novo título da produtora independente Tribute Games para PC, PlayStation 4 e Xbox One, em uma primeira olhada, pode se passar por um jogo da era 16 bits por conta do seu visual em pixel art e da sensação de aventura 2D arcade. Contudo, o título se destaca por conta de duas principais habilidades: o herói se movimenta pelos cenários com a ajuda de um gancho e consegue deixar a ação em câmera lenta. Isso, aliado a alta dificuldade e características do gênero roguelike, faz com que Flinthook seja uma experiência intensa e bem divertida.

Continue Lendo “Análise: Flinthook (Multi)”

Análise: Persona Q: Shadow of the Labyrinth (3DS)

Etrian Odyssey e Persona se encontram nesse ótimo crossover que é o único jogo da franquia para consoles Nintendo.

Mesmo com a crescente popularidade da série, Persona não aparecia em consoles da Nintendo. Provavelmente, a Atlus sempre pensou que o ideal seria continuar produzindo jogos para os sistemas da Sony, afinal o público cativo estava concentrado neles. Contudo, a desenvolvedora estava enganada: um Persona para 3DS era um dos maiores desejos dos fãs. Por conta disso e do sucesso de Persona 4 Arena (PS3/X360), foi lançado Persona Q: Shadow of the Labyrinth para 3DS, que é um misto de spin-off e crossover. O mais curioso é que o jogo combina conceitos de Persona e da série de dungeon crawler Etrian Odyssey — e a mistura deu muito certo. Continue Lendo “Análise: Persona Q: Shadow of the Labyrinth (3DS)”

Análise: Tales of Berseria (PS4/PC)

Controle um grupo de anti-heróis em uma aventura repleta de ótimos sistemas e situações.

Tales of Berseria, o mais recente título da franquia de JRPGs para PS4 e PCs, quebra vários paradigmas da série. Em vez da tradicional jornada para salvar o mundo, o foco é uma trama de vingança repleta de personagens com motivações nada heroicas. Isso, em conjunto com um ótimo combate e muitos outros sistemas, resulta em uma aventura divertida e interessante. Continue Lendo “Análise: Tales of Berseria (PS4/PC)”

Análise: Shantae: Half-Genie Hero (Multi)

O novo jogo da garota meio-gênio é bem bonito, porém vários problemas fazem com que a aventura não seja tão prazerosa.

A meio-gênio Shantae surgiu lá no Game Boy Color em um jogo simpático e excepcional para os padrões do portátil, mas como saiu no fim da vida do console poucos jogadores tiveram a chance de experimentá-lo. A desenvolvedora WayForward continuou produzindo títulos da franquia, todos eles para portáteis Nintendo (mesmo que os últimos tenham sido portados para outros sistemas), e a popularidade foi aumentando. Shantae: Half-Genie Hero é o primeiro jogo da garota completamente pensado para consoles de mesa e tem como maior destaque o visual elaborado. O novo título funciona como uma espécie de reinício da série e resgata alguns conceitos clássicos, ao mesmo tempo em que experimenta novas características. Continue Lendo “Análise: Shantae: Half-Genie Hero (Multi)”

Análise: Hatsune Miku: Project Diva Future Tone (PS4)

O novo jogo de ritmo traz uma ótima experiência por conta da quantidade impressionante de músicas e das novidades nas mecânicas.

Cada vez mais jogos da Vocaloid Hatsune Miku têm sido lançados no Ocidente — no passado, a localização desse tipo de jogo era muito improvável. Hatsune Miku: Project Diva Future Tone, o novo jogo da franquia Project Diva para PlayStation 4, tem muitos motivos para ser o maior lançamento até o momento: mais de 220 músicas estão disponíveis. Pequenos ajustes e foco no modo de ritmo são os grandes destaques desse título.

Continue Lendo “Análise: Hatsune Miku: Project Diva Future Tone (PS4)”

Análise: Overcooked (Multi)

Pode não parecer, mas as cozinhas dos grandes restaurantes são bem movimentadas e até mesmo caóticas. Overcooked, título independente para PlayStation 4, Xbox One e PC, foca justamente na ação de preparar pratos culinários. Misturando controles simples e algumas situações bem malucas, esse jogo oferece multiplayer incrível e muita diversão. Continue Lendo “Análise: Overcooked (Multi)”

Análise: Exist Archive: The Other Side of the Sky (PS4/PS Vita)

O título combina vários conceitos e usa uma série clássica como inspiração para criar uma jornada curiosa e interessante.

Exist Archive: The Other Side of the Sky é um JRPG para PlayStation 4 e Vita que não nega as suas origens. O jogo, que é um esforço conjunto das produtoras tri-Ace e Spike Chunsoft, é claramente baseado na série Valkyrie Profile. Os conceitos básicos de exploração, combate e até mesmo alguns temas da trama de Exist Archive são bem parecidos com os apresentados nas aventuras das valquírias. Entretanto, o título tem várias características únicas que lhe confere identidade própria. O resultado é uma aventura divertida, mesmo que com alguns problemas. Continue Lendo “Análise: Exist Archive: The Other Side of the Sky (PS4/PS Vita)”

Análise: GoNNER (PC)

As características do gênero roguelike têm sido bem exploradas no mundo dos títulos independentes com ótimos exemplos, como as cavernas procedurais de Downwell (Multi) ou o Balabirinto de Enter the Gungeon (PC/PS4). GoNNER é mais um representante desse estilo e tenta se diferenciar com o visual inusitado e mecânicas sólidas. O título para PC é uma aventura intrigante e bem difícil. Continue Lendo “Análise: GoNNER (PC)”

Análise: Severed (Multi)

Severed me chamou a atenção por vários motivos. A nova aventura do estúdio Drinkbox (conhecido principalmente pelo ótimo Guacamelee!) conta com uma temática inusitada e sombria, aliada a mecânicas de jogo bem únicas. O resultado é uma experiência tensa e desconcertante, que é também viciante por conta de sua ação frenética. O título foi lançado inicialmente para Vita e depois chegou ao iOS, Wii U e 3DS. Continue Lendo “Análise: Severed (Multi)”

Análise: Psycho-Pass: Mandatory Happiness (PS4/PS Vita)

Esse visual novel traz trama e personagens inéditos e é perfeito para os fãs da série animada.

Psycho-Pass é um anime conhecido pela sua trama densa e cenas chocantes. Por conta disso, nada mais natural que um jogo baseado nele tenha como foco justamente a história. Psycho-Pass: Mandatory Happiness é um visual novel para PlayStation 4 e PS Vita (e futuramente PC) que coloca o jogador no centro de uma narrativa tensa e interessante. Continue Lendo “Análise: Psycho-Pass: Mandatory Happiness (PS4/PS Vita)”