Análise: Graceful Explosion Machine

 

Em Graceful Explosion Machine, controlamos uma nave equipada com quatro armamentos poderosos e temos que derrotar inúmeras ondas de inimigos. Esse shoot ‘em up de movimentação lateral se destaca com mecânicas simples que incentivam a construção de combos longos. Lançado para PC, PlayStation 4 e Nintendo Switch, esse título independente é uma experiência intensa e bem colorida.

Continue Lendo “Análise: Graceful Explosion Machine”

Anúncios

Análise: Old Man’s Journey (Multi)

Às vezes, não são necessárias palavras para contar uma história. Old Man’s Journey é um claro exemplo disso: toda a narrativa do jogo é mostrada por meio de imagens e situações, sem uma única linha de texto. O título independente lançado para PC, iOS, Android e Switch é uma mistura de puzzle e aventura, resultando em uma experiência que remete a um belo livro interativo.
Continue Lendo “Análise: Old Man’s Journey (Multi)”

Análise: TumbleSeed (Multi)

O conceito principal de TumbleSeed, título indie para PC, PlayStation 4 e Nintendo Switch, é bem inusitado. O objetivo é levar sementes para o topo de uma montanha, desviando de inúmeros obstáculos que aparecem pelo caminho. O diferencial é o sistema de controle que exige o uso das duas alavancas analógicas para equilibrar a semente. Não se deixe enganar pelos gráficos coloridos: o jogo é bem difícil e exige dedicação. Continue Lendo “Análise: TumbleSeed (Multi)”

Análise: Owlboy

Em uma primeira olhada, Owlboy parece um jogo vindo direto da década de 90 por conta de seu visual pixel art que remete aos grandes clássicos de SNES. Contudo, bastam alguns minutos para perceber que há muito mais do que nostalgia nesse título, principalmente no que diz respeito a suas mecânicas. O jogo foi lançado após nove anos de desenvolvimento e oferece uma aventura cativante e divertida. Continue Lendo “Análise: Owlboy”