Análise: Shantae: Half-Genie Hero (Multi)

O novo jogo da garota meio-gênio é bem bonito, porém vários problemas fazem com que a aventura não seja tão prazerosa.

A meio-gênio Shantae surgiu lá no Game Boy Color em um jogo simpático e excepcional para os padrões do portátil, mas como saiu no fim da vida do console poucos jogadores tiveram a chance de experimentá-lo. A desenvolvedora WayForward continuou produzindo títulos da franquia, todos eles para portáteis Nintendo (mesmo que os últimos tenham sido portados para outros sistemas), e a popularidade foi aumentando. Shantae: Half-Genie Hero é o primeiro jogo da garota completamente pensado para consoles de mesa e tem como maior destaque o visual elaborado. O novo título funciona como uma espécie de reinício da série e resgata alguns conceitos clássicos, ao mesmo tempo em que experimenta novas características. Continue Lendo “Análise: Shantae: Half-Genie Hero (Multi)”

Análise: Shantae and the Pirate’s Curse (Multi)

O terceiro título da garota meio-gênio pega os melhores aspectos dos episódios anteriores e os aplica em uma aventura divertida e bem trabalhada.

Shantae foi um marco quando foi lançado para GBC, em 2002. O jogo, que misturava plataforma e exploração, saiu já no final da vida do console e foi um sucesso de crítica por causa de sua qualidade. A garota meio-gênio que ataca com seu grande rabo-de-cavalo e se transforma em animais por meio de danças mágicas se tornou a principal personagem da produtora indie WayForward.

Shantae and the Pirate’s Curse é o terceiro título da série. O novo jogo acolhe a jogabilidade básica do estilo conhecido por metroidvania, mas muda conceitos básicos: Shantae não tem mais poderes mágicos e usa equipamentos de piratas para progredir na aventura. Em conjunto com uma parte técnica impecável, Pirate’s Curse é facilmente o melhor jogo da série até o momento. Continue Lendo “Análise: Shantae and the Pirate’s Curse (Multi)”

Recomendações: DSiWare

O DSiWare foi a segunda plataforma de jogos digitais da Nintendo. Mas ao contrário do WiiWare, o DSiWare teve visibilidade bem reduzida por só estar disponível no DSi (console que nem todo mundo comprou por já ter o DS normal). Com o lançamento do 3DS e seu eShop estes jogos passaram a ter maior visibilidade, já que agora muito mais gente pode conferir os jogos de DSiWare. O único problema é que o serviço está infestado de jogos ruins… sendo assim pensei em recomendar meus favoritos. O título de cada jogo leva para a respectiva página no catálogo de jogos de DSiWare da própria Nintendo. Continue Lendo “Recomendações: DSiWare”