Nos ouvidos #20: Viratempo — Se Eu Soubesse

 

A banda paulista Viratempo me conquistou com seu som que remete à década de 1980 com sintetizadores e guitarras. A música do grupo tem uma pegada meio indie dreampop com composições de atmosfera etérea e misteriosa, sem deixar de contar com melodias marcantes ou dançantes.

Mas as composições da Viratempo nem sempre foram marcadas por sintetizadores e batida eletrônica: no início, as composições da banda puxavam mais para o neofolk acústico, ou seja, muito violão e voz. Depois de uma reestruturação, a Viratempo decidiu seguir para outro caminho, o que os levou para uma mistura de synthpopdreampoptrip hop. Particularmente, achei a mudança acertada, pois o novo estilo tem mais identidade (e, claro, é algo que gosto mais, haha)

Cura, o primeiro álbum de estúdio da banda, utiliza sintetizadores, elementos eletrônicos e cordas com pegada oitentista para trazer um som que me trouxe a sensação de nostalgia, melancolia e sonho. Se Eu Soubesse, a minha faixa favorita do disco, tem justamente todos esses elementos em uma composição com batida levemente animada e sintetizadores hipnotizantes. O vocal suave combina bem com a letra de tema lânguido, que fala arrependimento, passado e presente, e desejo de mudar.

O trabalho da Viratempo pode ser conferido nas plataformas de streaming, como Spotify e YouTube.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s