Nos ouvidos #1: Ladyhawke — Let It Roll

Ladyhawke é uma das minhas cantoras favoritas de todos os tempos — perdi as contas do quanto ouvi seu primeiro álbum, sendo que Paris is Burning é uma das músicas que mais ouvi na vida, esse fato está lá registrado no Last.fm. Sempre gostei da pegada meio oitentista dela, uma mistura boa entre guitarras e sintetizadores, com melodias bem marcantes. Foi com muita surpresa que recebi o anúncio de que ela estava produzindo um terceiro álbum, intitulado Wild Things.

Nesse terceiro disco, Pip Brown decidiu focar mais ainda em sintetizadores e, em um primeiro momento, não gostei muito. O motivo disso foram as faixas liberadas no momento do anúncio: A Love Song (que tive que ouvir inúmeras vezes para gostar) e Sweet Fascination (que eu ainda não gosto). Depois veio Dangerous, que achei mais interessante, mas não o suficiente para diminuir meu ceticismo.

Tudo mudou com Let it Roll, a faixa mais recente.

Ela é uma música energética, animada, repleta de trechos grudentos — viciei completamente desde que a ouvi pela primeira vez. Gosto, especialmente, como ela vai ficando mais elaborada com a adição de vários elementos diferentes. Ah, gostei muito também do lyric video com o gif animado de Paul Robertson, é hipnotizante.

Wild Things será lançado em 3 de junho e não vejo a hora de ouvi-lo 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s