Kitchen, de Banana Yoshimoto

O lugar que mais gosto no mundo é a cozinha.

A morte e a perda estão sempre presente na vida de todos, isso é fato. São fatos tão corriqueiros que acabam se tornando banais e sem muita importância as vezes… mas muitos relacionamentos acabam acontecendo justamente por conta da morte. É nesse contexto que Kitchen se baseia.

Kitchen é na verdade dois contos distintos: o próprio Kitchen (que é dividido em duas partes) e Moonlight Shadow. Em Kitchen acompanhamos Mikage Sakurai, garota que passa a morar com a (até então) desconhecida família Tanabe após a morte de sua avó, sua única família. Em Moonlight Shadow a protagonista é Satsuki, garota que sofre com a morte de seu namorado. Isso é o máximo que dá pra falar sem entregar demais as tramas, que têm algumas características e pontos em comum.

Dentre os dois com certeza Kitchen é bem melhor: a história, mesmo que simplista, é bem desenvolvida. Os personagens são interessantes, até mesmo os de participação mínima. E o relacionamento principal é bem tênue, dando margem para múltiplas interpretações. O texto flui bem também, como é um conto longo a autora se concentra bem nas partes importantes, mas tudo é escrito de tal maneira que o leitor consegue “construir” os personagens fora das cenas descritas. Gostei muito.

Já Moonligh Shadow falta “algo”. Nesse as coisas parecem corridas demais, sendo assim os personagens e história não são construídos suficientemente bem. A história eu achei bem enfadonha, principalmente mais pro final, sem contar que a abordagem é meio preguiçosa. Os personagens também são um pouco chatinhos, mesmo sendo poucos, não consegui me identificar em nada com eles. Não gostei tanto.

“Sutil” é uma palavra que resume bem Kitchen. Banana Yoshimoto consegue usar bem um temas pesados (morte, a dor da perda e a gradual recuperação) de maneiras diferentes, sempre com suavidade. É uma pena que o segundo conto não seja tão interessante assim, tornando a experiência geral um pouco mais simplória… Também tem o fato de eu sempre ter um olhar mais racional, deixando um pouco o emocional de lado… Mas é sim um ótimo livro.

Anúncios

3 comentários em “Kitchen, de Banana Yoshimoto”

  1. Olá! 😀

    Gostei da resenha! Acho que diz sobre um livro tudo o que deve ser dito para alguém que ainda não o leu. Você fala sobre a trama, sobre as suas impressões e mesmo assim não entrega nada do enredo, deixando o leitor (eu) curioso.

    Mas Kitchen foi publicado somente em inglês, estou certo?

    Abraço!

    1. Olá Marlo 😀

      Poisé, como são contos eu não posso falar muito senão acabo contando demais…
      E não, Kitchen foi publicado sim em portugês, tanto que a edição que eu li é em português mesmo. A questão é que eles não traduziram o nome, o que foi correto, pois o nome original em japonês é a palavra americana “kitchen” mesmo.

      Abraço!

  2. Oi! Gostei da resenha, realmente ficou ótima pra quem não conhece nada sobre o livro.
    Eu queria mto ler outra coisa dessa escritora, pena que só o Kitchen foi traduzido! =/

    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s