Paprika: sonhos temperados

Paprika2

4estrelas

Chiba Atsuko, uma psicoterapeuta, e Okita Kosaku, um cientista, criaram em conjunto com a sua equipe um impressionante aparelho chamado DC-mini. Com este aparelho é possível entrar nos sonhos dos pacientes para facilitar o tratamento dos mesmos. Os primeiros DC-mini criados são somente protótipos, sendo utilizados com cautela, pois é possível destruir a personalidade dos pacientes caso algo errado seja feito. O problema começa quando alguns desses DC-mini são roubados e logo em seguida os integrantes da equipe de desenvolvimento começam a serem atacados em seus sonhos. Dra. Chiba então passa a investigar quem está por trás destes ataques assumindo a forma da bela Paprika, correndo contra o tempo para evitar que os problemas tomem proporções ainda maiores.

Paprika é um passeio na mente dos personagens da trama. Dúvidas, problemas e lembranças são mostradas através de cenas repletas de simbolismos e detalhes. Por mais que não pareça, Paprika1boa parte dos personagens tem personalidade rica e complexa, que são exteriorizadas ao máximo nos sonhos. É necessária muita atenção para entender o que realmente se passa, o que realmente cada personagem sofre ou pensa.

Algo muito legal em Paprika é a maneira que a história é contada, ora na realidade, ora nos sonhos. Chega um momento que estes dois mundos parecem estar (ou realmente estão) sobrepostos, ficando difícil distinguir o que é sonho e o que é real, trazendo assim várias cenas interessantes. A trama é simples, sua conclusão mais ainda. Os mais atentos conseguirão perceber com certa facilidade quem está por trás dos ataques investidos contra a equipe. Outro ponto interessante são referências ao mundo da Psicologia e Mitologia, como o momento em que Paprika se transforma em uma fada com asas de borboleta (que representa a alma e a liberdade do corpo).

A arte é simplesmente incrível. O traço dos personagens tem um certo ar surreal (como o Dr. Shima), Paprika3ao mesmo tempo que são belos. Os cenários apresentam detalhamento absurdo e cores muito vivas e fortes. Destaque para o desfile estranho que acontece nos sonhos dos personagens. A trilha sonora é composta de poucas músicas, mas consegue dar o ar necessário ao filme. São canções que apelam mais para o estilo eletrônico e psicodélico, adicionando ainda mais à atmosfera surreal do filme. As duas músicas mais tocadas no filme grudam na cabeça com facilidade.

Paprika não é tão fácil de ser digerido. Muitos não irão gostar, dizendo que é muito confuso ou bagunçado. Já acho que este foi um fator decisivo para eu gostar muito do filme: é bem surreal, diferente. Como era de se esperar, assistir mais de uma vez ajuda a entender melhor o que se passa, assim como os motivos de cada personagem.

Enfim, Paprika é um ótimo tempero para a mente.

Anúncios

7 comentários em “Paprika: sonhos temperados”

  1. Andei procurando Paprika nos sites que ‘freqüento’ mas infelizmente não acho de jeito algum…

    Outro filme MUITO interessante, além de imperdível e impecável, é Cat Soup, de um mangaká (acho) que surpreendeu muito o público ao fazer um filme tão ‘moderno e surreal’, levando em conta o cunho ‘clássico’ do autor. Sugiro à todos, mesmo que não gostem de inovações, por ser algo tão marcante e estapafúrdio. Quem gostou de Paprika com certeza amará:

    http://br.youtube.com/watch?v=mH5sacgeY5Q (link do filme dividido em três partes)

  2. @.Ozz

    Paprika foi lançado oficialmente no Brasil, logo você pode encontrá-lo em locadoras ou em lojas =]

    Vi algumas infos sobre o Cat Soup e achei interessante, vou ver se assisto. Só um pequeno detalhe: “mangaká” é autor de mangás, como nesse caso estamos falando de um anime (na verdade um OVA) esse termo não se aplica 😉

  3. Farley (long, longlonglong time after), acho que na época coloquei como mangaká porque o autor do Cat Soup desenhava mangás ‘clássicos’ de tipo, sci-fi, space opera, western, sei lá. Mas, obrigado.
    Não sei se posso fazer isso aqui mas, também saiu DVD-RIP no The Pirate Bay, e tem legendas no OpenSubtitles…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s